quinta-feira, 18 de abril de 2013

Roberto Bolaño: el último maldito

2 comentários:

  1. Obrigado por compartilhar esse ótimo documentário. Admito não ter familiaridade com a escrita do Roberto Bolaño. Li apenas um conto dele, mas estou doido para ser um leitor desse escritor que figura entre os que mais admiro.

    Abraços...

    ResponderExcluir
  2. Oi,Rodrigo Tomé. Eu é que agradeço a sua visita. Considero Bolaño imprescindível. Tenho certeza de que você não irá se decepcionar. Independentemente da eventual bolañomania e de certo oba-oba, é um autor que flagra como ninguém o caos do nosso tempo, as ruínas em alta rotação dos descartáveis mutantes que nos tornamos. É uma escrita visceral, tensa e riquíssima.

    ResponderExcluir