Sei Shônagon




Poema de Sei Shônagon (Japão, ca. 966-1027), dama da corte da Imperatriz Teishi, autora de "O Livro do Travesseiro", principal obra da literatura clássica japonesa


Embora imites o canto
do galo a meia-noite,
não poderás enganar a sentinela,
e ninguém abrirá em Osaka
a barreira do Monte do Encontro.


Em Cien poetas, cien poemas. Hyakunin Isshu (Antología de poesía clásica japonesa. Ediciones Hiperión, Madrid, 2004, trad. de José María Bermejo y Teresa Herrero).


Postagens mais visitadas