quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Jean-Luc Nancy




“A poesia é, por essência, mais e outra coisa que a própria poe­sia. Ou ainda: a própria poesia pode muito bem ser encontrada ali onde sequer há poesia. Ela pode até mesmo ser o contrário ou a recusa da poesia, e de toda a poesia. A poesia não coincide consigo mesma: talvez essa não coincidência, essa impropriedade substan­cial, seja o que faz propriamente a poesia”.


Jean-Luc Nancy em "Fazer, a poesia".


Nenhum comentário:

Postar um comentário